Ourilândia do Norte

Em 1980 o município de Ourilândia do Norte foi constituído com a implantação do Projeto Tucumã e colonização particular de Andrade Gutierrez. Em decorrência dos atrativos da região, que possui terra boa e muito ouro, chegaram pessoas de várias regiões do país, porém, o Projeto Tucumã selecionava as pessoas para se estabelecerem na região. Os que não possuíam condições financeiras de adquirir lotes de terra entravam na seleção do projeto.

Essas pessoas se aglomeraram próximo à guarita posta pelos Diretores do Projeto Tucumã e construíram barracos de lona de pau-a-pique, por isso o primeiro nome de Ourilândia do Norte foi Gurita. A área da sede municipal era de posse do Fazendeiro e piloto, Ernesto. A terra foi solicitada pelo GETAT, organizadora do loteamento, para urbanização do povoado às margens da rodovia PA-279, nos limites do Projeto Tucumã.

Posteriormente, o povoado pertencente ao município de São Félix do Xingu foi elevado à categoria de distrito, com a instalação da sub-prefeitura subordinada à Prefeitura de São Félix do Xingu. E em 1988, a região foi elevada à categoria de município, por meio da Lei 5.449, de 10 de maio de 1988, publicada no Diário Oficial em 12 de maio de 1988, criando o município de Ourilândia do Norte.

A história do povo ourilandense é marcada por movimentos sociais, pela resistência às dificuldades e pela busca de conquistas por melhores condições de vida. Já surgiram diversas greves pacíficas reivindicando o fim do Projeto Tucumã e a redistribuição das terras para reforma agrária, melhoria das estradas, ligação de energia elétrica e pavimentação da PA-279 entres outros, também importantes.

O município possui área de 16.844 Km quadrados, localizado na micro-região do Xingu, no Km 150 da PA-279, interligando Xinguara e São Félix do Xingu, passando por Água Azul do Norte e Tucumã. A sede do município está a 960 Km de Belém, 390 Km de Marabá, 230 Km de Redenção, 150 Km de Xinguara, 110 Km de São Félix do Xingu, 70 Km de Água Azul do Norte e 8 Km de Tucumã. Limita-se com as regiões: Norte: Tucumã e Água Azul do Norte. Sul: São Félix do Xingu e Cumaru do Norte. Leste: Bannach. Oeste: São Félix do Xingu.

Os limites do município de Ourilândia do Norte já foram alterados diversas vezes, em conseqüência da divisão para criação dos municípios de Cumaru do Norte e Banach. Além disso, teve uma alteração de divisas com o município de Água Azul do Norte para atender uma antiga reivindicação dos moradores das comunidades de Calça Amarela, Quatro Barracos, Catete, Santa Rita, Campos Altos, Picadão e Quatro Mil Metros, população esta que sempre participou do convívio da comunidade ourilandense, em conseqüência da distância da sede municipal. A alteração de divisa com Água Azul do Norte foi aprovada pela Assembléia Legislativa e sancionada pelo Governo do Estado, por meio da Lei Estadual nº 6066, de 14 de agosto de 1997.

 

Home Page Oficial Ourilândia do Norte